Logo

Artigos - Visualizando artigo

Otimizar os processos e conter custos pode garantir vantagens na difícil fase atual

      O cenário recessivo atual, ocasionado pelo descontrole fiscal do governo, aliado à redução da demanda internacional por nossa comodities, descortina uma realidade à qual estavámos desacostumados. Nossas empresas agora são forçadas a fazer "mais com menos". Passamos a ter uma grande preocupação com os custos, o que só evidencia o quanto estávamos sendo ineficientes e permissivos. Vale lembrar, aqui, a frase atribuída a Marcel Telles e a Margin Rodrigues, da 3G capital: "Custos e despesas são como unhas, estão sempre crescendo. Periodicamente precisam ser cortados". Agora é o momento de direcionar um olhar crítico para dentro das empresas: descobrir oportunidades de melhorias nos processos, identificar onde ocorrem desperdícios, máquinas e equipamentos obsoletos que já não são capazes de alcançar os níveis de produtividade de suas versões mais novas. É o momento de estimular a inovação dentro das equipes. Afinal as melhores idéias surgem nos momentos de necessidade. O desafio do momento para as empresas brasileiras parece ainda maior, pois deixamos de aproveitar as sobras do momento de prosperidade para investir em infraestrutura. 

         Tudo na vida, incluindo a economia, é cíclico. Sabemos que o período atual é passageiro e novos períodos de crescimento virão. Aqueles que souberem otimizar seus processos, aumentando a produtividade e aperfeiçoando os controles de custo, terão o melhor dos dois cenários e uma grande vantagem perante seus concorrentes. 

 

Fonte: Marcello Ladeira, Estado de Minas


Voltar


Compartilhar

Todos os direitos reservados ao(s) autor(es) do artigo.

topo site